Indo para Paraty-RJ de moto • (Parte I)

18:30



Quem diria que Ingrid Nunes viajaria por aí, mais de mil quilômetros de moto com o seu amor algum dia? Aquela menina que no começo do namoro odiava subir na garupa de uma moto, sempre achando tudo tão inseguro e perigoso...
É... Como dizem: “A vida  é cheia de mudanças...”. E assim a vida foi passando, o tempo de namoro aumentando, os gostos mudando e até que a gente parou aqui: iniciando nossas aventuras nas estradas! Entre curtas viagens perto de casa, decidimos então ir um pouquinho mais longe.
A oportunidade foi perfeita: Ia rolar um encontro de motos em Paraty, no Rio de Janeiro, o “V Encontro Nacional Ténéré Club 2016”. Ficamos sabendo da viagem alguns meses antes e desde já o Well já tinha certeza que iria e ficou super empolgado em me levar.
Feriado chegando, folgas concedidas no trabalho, lá fomos nós para a nossa primeira experiência em uma viagem longa de motos juntos. Mais de mil quilômetros nos esperava até o nosso destino!
Partimos as 4h e pouca da manhã, acompanhados de mais uma amigo do Well, o Franco.


Fomos pela BR-050. Um tapete! Mas em compensação muitos, mas muitos pedágios!


Pegamos a Rodovia Anhanguera, que inicia na cidade de São Paulo, e termina no Município de Igarapava, bem na divisa entre São Paulo e Minas Gerais. Essa rodovia é uma das mais importantes do estado de São Paulo e do Brasil, com seus aproximadamente 437 km de pista duplicada e de retas sem fim.


Daria para chegar em Paraty no mesmo dia. Mas como iriamos chegar por lá a noite e super cansados, já estávamos decididos a procurar alguma pousada para ficar em alguma cidadezinha pelo caminho. Conseguimos rodar aproximadamente um pouco mais de 900 km até chegarmos a cidade de Itatiba, em São Paulo. Por lá ficamos.


O que posso dizer do nosso primeiro dia em uma viagem longa de moto juntos?
AMEI! Ficamos um pouco cansados, doloridos, mas é inexplicável a sensação incrível de poder estar ali, aproveitando aquilo tudo de uma forma, vamos dizer, um pouquinho diferente do usual. haha

No outro dia acordamos às 8h, arrumamos nossas coisas e lá fomos nós!

No meio do caminho apareceu Aparecida, rs. Um município de São Paulo, mais conhecido popularmente como Aparecida do Norte, que nos deixou de boca aberta com aquela Basílica enooorme exatamente no meio da cidade! A Basílica de Nossa Senhora Aparecida é um templo religioso católico e é o maior templo do Brasil e o segundo maior do mundo. Daí já dá pra imaginar a grandiosidade né?!
Não tinha como passar pela estrada, olhar aquilo tudo de longe e não visitar! Só que não estávamos sozinhos e não sabíamos se o Franco estava a fim de gastar um tempinho visitando o lugar. Então ficamos meio sem jeito e nem falamos nada...
Mas como nossa energia é boa e quando você quer muito uma coisa, às vezes não precisa nem você pedir! Acaba acontecendo naturalmente. Então lá veio o Franco e fala “O que vocês acham de visitarmos a Basílica? Já estamos aqui mesmo e não vamos voltar tão cedo por aqui!”. Já deu pra imaginar a nossa cara de felicidade quando ouvimos a frase né? ^-^
Então almoçamos em um posto e entramos na cidade.
Ficamos impressionados com a grandiosidade do lugar! O templo é absurdamente gigantesco e lindo! Até peguei umas fotinhas do Google pra mostrar melhor o lugar, pois o Well estava com a câmera boa, mas estava por conta dos vídeos e eu só levei o celular e as fotos não ficaram grande coisa :/

 Basílica de Nossa Senhora Aparecida (Aparecida do Norte-SP)
Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida (Aparecida-SP).
 Vista linda da Passarela da Fé, que liga a Basílica Velha à Basílica Nova
Passarela da Fé, que liga a Basílica Velha a Basílica Nova.

Sinceramente eu não sei o que é mais bonito, se é a parte externa ou interna do templo!


Depois de visitar a Basílica, é claro que não íamos deixar de andar de bondinho e vê-la lá de cima juntamente com toda aquela cidadezinha em volta dela! 

Morro do Cruzeiro, local onde se consagra a Via Sacra da Sexta-feira da Paixão.

Paramos em um mirante no alto do morro que dá para avistar a cidade todinha. A vista é linda! (Aí nessas horas você fica se perguntando "Por quê eu deixei minha câmera em casaaa?!!"

Vista da Basílica de Nossa Senhora Aparecida.
Passamos quase que a tarde toda em Aparecida. E lá vem o sol se pondo novamente. Conclusão: deixar a nossa chegada a Paraty para o outro dia de novo! hahah
Mas de uma coisa tivemos certeza: valeu super a pena visitar essa cidade linda! :)

Tchau tchau Aparecida!
Conclusão do dia: Nunca ninguém demorou tanto para chegar em Paraty, vindo de Brasília! hahah Mas não importa! O que a gente gosta mesmo é de aproveitar bem o caminho \o/

Bom, vou parar esse post por aqui. Acho que ele já tá bem grandinho né? No próximo post vou contar finalmente sobre a nossa chegada ao nosso destino o/*
Então, até mais :)

Você também pode gostar:

0 Comente aqui :)

@iingridnunes

@wellingtonallmeida