Nosso Maio | 2018

Maio foi família. Tivemos minha avó de Minas pra cá. Tivemos almoços em família, e também corridas de rua. Maio foi união. Foi mês de amizade, de saída com minha irmã, com amigos. Maio também esteve mais verde. Elas continuam enfeitando nosso lar. Maio foi mês de retomarmos a nossa obra da reforma. Forro a todo vapor. Mas maio também não foi só alegria. Maio parou com os caminhoneiros. Mas seguimos. 

Nosso Abril | 2018

Estamos em setembro, e eu aqui postando sobre o mês de abril. Temos feito tantas coisas nesses últimos tempos que o blog por aqui tem ficado inteiramente de lado.
Desde que iniciei esse espaço, o objetivo foi de apenas colocar por aqui algumas coisas que temos vivido, mas sem a cobrança de postar frequentemente. Na minha adolescência eu escrevia em agendas e diários, e no blog encontrei uma forma de organizar minhas palavras acompanhadas de imagens para poder recordar mais tarde. Sendo assim, seguimos indo. Indo viver, postando quando der. Mas não quero parar. Vez outra eu me pego olhando os posts antigos por aqui, e me faz pensar "que bom que eu comecei esse espaço!". Seguimos...

E falando em abril, ele deixou a casa mais verde por aqui. Os gosto pelas plantinhas começaram a brotar de verdade e elas deram um outro ar para o nosso lar. Abril foi mês de comemorarmos o aniversário de pessoas especiais, foi mês de estar mais próximo da família. Foi mês de fazermos muitas coisas para a casa, de tentar colocar tudo no lugar - e de bagunçar também. Abril foi mês de corremos juntos - na rua, na estrada, na vida. Abril teve tanta coisa que o vídeo ficou até mais comprido... Seguimos :)


Nosso Março | 2018

Março foi o mês da minha primeira corrida de rua. Empolguei tanto que dos 4 finais de semana do mês, 3 deles foram em corridas! Março foi gostoso. Março trouxe bastante chuva. Março foi mês de vermos a Malu e a Lua brincando muito mais e olharmos pra trás e perceber o quanto a Lua cresceu desde o dia 1º de fevereiro, que foi quando ela me encontrou no estacionamento do meu trabalho. Março foi mês de almoço com os amigos, foi mês de descanso em Caldas. Março foi mais um mês de gratidão ♥

MAMBAÍ - GO | Um lugar perfeito para se aventurar no meio do mato, pertinho de Brasília e que muita gente não conhece

Mambaí é uma cidadezinha no interior do Goiás, e fica quase na divisa com o estado da Bahia. É bem pertinho de Brasília, cerca de 315 km aproximadamente e é um destino de aventuras incríveis que muita gente ainda não conhece. 
No feriado do mês de fevereiro resolvemos passar 3 dias por lá. Fizemos algumas pesquisas na internet por destinos próximos à Brasília e nos convencemos de que, com certeza, Mambaí seria uma ótima escolha pra gente: longe da bagunça do carnaval, cheiro de mato, cachoeiras e muitas aventuras radicais! 
Chegamos na cidadezinha por volta de 11h. Logo na entrada de Mambaí, na rotatória, tem um posto de gasolina à direita e bem ao lado do posto uma agência de turismo, a MambaíAdventure. Já nem perdemos tempo e fomos direto na agência para nos situarmos melhor sobre o que fazer na cidade. 

Em Mambaí há duas agências de turismo, essa que mencionei acima e a Cerrado Aventura. Como já de cara adoramos a recepção da Mambaí Adventure, nem nos preocupamos de ir conhecer a Cerrado. Portanto por enquanto não posso fazer um comparativo.

Ficamos hospedados no Camping Luar Encantado. Pelo o que pesquisei, foi a melhor opção de camping em Mambaí. Mais tarde, conversando com os guias, confirmaram a nossa pesquisa. De fato é o melhor camping da cidade :)
Da entrada de Mambaí até o camping foram menos de 2 km - um trecho de asfalto e o restante de estrada de terra. A estrutura do camping realmente é bem bacana. Área gostosa de gramado, tem piscina e área de cozinha. A área do terreno é bem agradável e você pode andar livremente pelo sítio.



Um pouco mais afastado da área de camping tem um riacho que dá para tomar banho tranquilamente e os donos estão abrindo uma trilha para os hóspedes poderem explorar ainda mais a área verde do lugar.


Eles possuem pousadas também, mas como todo bom feriado, são as primeiras que lotam. Inclusive eles estão iniciando a construção de mais pousadas, que bem provavelmente será um possível lugar para nos hospedarmos da próxima vez - porque certeza que vamos voltar!



Armamos nossa "casinha" e lá fomos nós para a nossa primeira aventura por Mambaí.




Voltamos para a agência e de lá partimos para o nosso primeiro destino: A Cachoeira do Funil.
A cachoeira fica a 6km do centro por asfalto e depois uma trilha leve de 900m. Na trilha passamos por vários tipos de vegetação e labirintos de formações rochosas.


Olha, posso dizer que foi uma das cachoeiras mais incríveis que já fomos! Ela é de uma beleza única! Ela deságua dentro de uma caverna e por isso ganhou o nome de funil. Para chegar na cachoeira, fizemos pela parte de baixo, passando por essa caverna, até chegar embaixo da queda da cachoeira, por trás dela.


Depois subimos para ver aquela maravilha de cima. É muito surpreendente a quantidade de água, o barulho delícia que a água faz. E o mais surpreendente ainda é que, diferente de todas as cachoeiras que já vimos, a água cai e, ao invés de continuar e seguir o fluxo para frente, ela vai para trás de sua queda, entrando na caverna.

A Cachoeira é tão incrível que ela oferece dois tipos de aventura radical: o rapel e o pêndulo. É claro que não poderíamos deixar nosso medo nos dominar e ficar de fora dessa né? Até o Well, que morre de medo de altura se superou nessa viagem!



O rapel é show, mas o pêndulo.. SÉRIO! É a MELHOR ESCOLHA que você pode fazer nessa viagem para Mambaí. Se você for, não pode DE JEITO NENHUM deixar de ir no pêndulo, ok?! Melhor sensação da VIDA!


Show né? Deu pra perceber a cara do nosso guia, o Gerly, achando que a gente era tudo doido, gritando aos montes :D hahah
Ficamos a tarde toda na Funil, nos divertindo com os gritos da galera descendo no rapel e pulando no Pêndulo.
Depois pegamos a trilha de volta, só que dessa vez sem passar por dentro da caverna. Voltamos pela parte de cima da cachoeira.


Finalizamos nosso dia tomando um caldo de mandioca delicioso na lanchonete Na Hora Açai. Inclusive não há muita variedade de lugares para se comer em Mambaí. Basicamente só comemos em três lugares: nessa Na Hora Açai, no restaurante do posto, o Zebras e na hamburgueria Zebras também. 
Voltamos para o acampamento e à noite fomos em um Lual. 

No outro dia partimos cedinho com o pessoal da agência para a Cachoeira do Alemão. Fica a aproximadamente 12 km da cidade. Pegamos uma boa parte do caminho em estrada de terra, e depois pegamos uma trilha curta, bem fácil. A cachoeira é muito linda também, 18 metros de altura e tem uma queda d’água bem forte. O poço que forma abaixo da queda d’água forma tipo uma prainha de água não muito fria, perfeita para relaxar. Na época da seca o poço fica mais azulzinho, disseram.





Á tarde fizemos a Trilha Itaguassul. Ela fica a pouco mais de 1km de Mambaí (mais precisamente 700m de asfalto e 400m de estrada de terra). A trilha toda tem quase 3,5km, e o ponto de partida e de chegada são distintos. Essa trilha é de nível basicamente fácil. Nós passamos por diversos tipos de vegetação, nascentes e labirinto de rochas.




Depois da trilha fomos direto para a divisa do Goiás com a Bahia só para tirarmos umas fotinhas.




Voltando da estrada da divisa, já estava quase na hora do sol se por. O nosso guia, o Gerly, nos disse que não nos arrependeríamos se esperássemos mais um pouquinho para vermos o pôr do sol. É claro que, como amamos esse momento maravilhoso de transição do dia pra noite, não poderíamos ir embora sem essa. Foi a melhor escolha! Fechamos o dia com a melhor sensação: de gratidão!

No outro dia acordamos cedinho e fomos para a nossa última aventura em Mambaí: a tirolesa nos cânions. 
A tirolesa fica a 16 km do centro, localizada no município de Buritinópolis. Após parar o carro basicamente na beira na estrada, andamos uns 400m até o atrativo. A tirolesa é uma das mais altas do Brasil, com 102m de altura e 320m de extensão. A sensação lá de cima é incrível, inexplicável!







E essa foi nossa viagem delícia de carnaval! Certamente voltaremos em Mambaí para apoveitar os outros lugares, pois ainda há muito o que conhecer nessa cidadezinha simples, porém cheia de lugares surpreendentes!


Até a próxima! ♥